logo Paróquia

Cemitério

“Requiescant In Pace” (Descansem em Paz): eis a maior prece que as pessoas desejam aos entes que partem desta vida rumo ao mistério que mais assombra a humanidade. Diante dessa realidade, presente e inevitável a todos, denotamos ao espaço do Campo Sagrado Cristão, o Cemitério, uma peculiar atenção. Como local considerado sagrado pela Igreja, o Terreno Santo deve ser espaço de contemplação, meditação e oração.

Cabe lembrar que o hábito de enterrar os mortos é compreendido pela Igreja Católica como ato de caridade, visto que, manter a dignidade do corpo, mesmo postumamente, é sinal de respeito com a memória daquele que parte, como também é sinal da esperança na Ressurreição no dia do Juízo Final.

A Igreja Católica Apostólica Romana entende que “os corpos devem ser tratados com respeito e caridade, na fé e na esperança da ressurreição. O enterro dos mortos é uma obra de misericórdia corporal que honra os filhos de Deus, templos do Espírito Santo” (CIC, nº 2300). Além disso, assegura aos fiéis que “se a paróquia tiver cemitério próprio, nele sejam sepultados os fiéis defuntos, salvo se tiver sido legitimamente escolhido outro cemitério pelo próprio defunto ou pelos responsáveis pelo sepultamento” (CDC, nº 1180).

 

Na Paróquia


Outras notícias relacionadas:


To Top